Eventos

Encontro da Comissão da Verdade colombiana sobre “O conflito armado nas universidades, gerações que não desistem”

Data: Setembro 2021

O encontro organizado pela Comissão da Verdade (CEV) que foi transmitido no YouTube no 2 de setembro, dá conta das agressões e crimes sistemáticos que têm sido cometidos contra universidades colombianas, seus professores, estudantes e trabalhadores no contexto do conflito armado.
Nas décadas de 70, 80, 90 e 2000, centenas de professores e estudantes foram vítimas de desaparecimento forçado, tortura e assassinato. Embora haja uma subnotificação do número exato de pessoas afetadas, de acordo com relatórios de várias universidades colombianas, a magnitude da violência contra instituições universitárias, como atores críticos e geradores de conhecimento, é alarmante e caracterizada por altos níveis de impunidade. O encontro do CEV expõe claramente como pesquisadores, professores e estudantes foram vítimas de várias formas de violência política, seja por atores armados ou pelas forças de segurança do Estado, devido a suas ligações com o meio acadêmico e sua condição de estudantes universitários. Apenas como exemplo, de acordo com um relatório da Universidade de Antioquia, somente nessa instituição, 323 ataques de vários tipos foram registrados nos últimos 50 anos. Infelizmente, os ataques às universidades não são coisa do passado, mas ainda acontecem em muitas regiões do país.

O encontro está disponível só em espanhol.

Organizado pela Comissão Colombiana da Verdade

Mesa redonda virtual: “A Academia em foco: violência contra pesquisadores na América Latina”.

Data: Dezembro 2020

Nos últimos anos, o trabalho acadêmico tem se tornado cada vez mais uma atividade de risco. A experiência de situações de restrições e assédio não é mais uma exceção no desempenho de trabalhos acadêmicos críticos na América Latina, mas tende a se tornar a regra. Os ataques vão desde difamação pública na imprensa, ameaças verbais e físicas, buscas no escritório e confisco de equipamentos até prisão, seqüestro ou assassinato em casos extremos. No entanto, ainda não parece haver uma consciência clara da gravidade e da extensão desta situação. As pessoas que trabalham no meio acadêmico freqüentemente não são percebidas como um grupo em risco. Neste contexto, as universidades, instituições de pesquisa e fundações podem desempenhar um papel fundamental no apoio aos pesquisadores em risco. A mesa redonda abordou esta questão analisando a dinâmica da violência e suas conseqüências para o meio acadêmico na América Latina.

Oradores: Francesca Lessa (Universidade de Oxford, Reino Unido), Lerber Dimas (Universidade de la Guajira, Colômbia), Celia del Palacio (Universidade Veracruzana, México), Frank Albrecht (Philipp Schwartz Initiative, Fundação Alexander von Humboldt, Alemanha).

Moderadora: Rosario Figari Layús (Justus Liebig University Giessen, Alemanha).

Organizadores: Instituto da Paz Germano-Colombiano – CAPAZ, Universidade Justus Liebig Giessen em cooperação com o Centro Maria Sibylla de Estudos Avançados Latino-Americanos (CALAS) e o Arnold-Bergstraesser-Institute Freiburg.

Conferência virtual: “La ola conservadora en Brasil y sus impactos en la Educación: barreras y resistencias”

Data: Novembro 2020

Nesta conferência são relatadas múltiplas dificuldades que são enfrentadas por professores e pesquisadores brasileiros, nos últimos anos, frente a ascenção conservadora vivenciada no país. A perseguição de professores se destacou como uma preocupação importante frente aos ataques sofridos por docentes nos últimos anos. Outro ponto levantado foi a necessidade de ampliar as linguagens que podem difundir a luta por uma educação democrática e promotora dos Direitos Humanos. Neste contexto, foram apresentadas algumas Histórias em Quadrinhos produzidas pelo Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), publicadas em português, espanhol e inglês com objetivo de internacionalizar algunas demandas educacionais no Brasil de hoje.

Referência: Pâmella Passos (Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), Brasil)

Organizadores: Cátedra de Sostenibilidad del Instituto de Estudios para la Sostenibilidad de la Universidad Autónoma de Occidente em Cáli/Colômbia